Desmatamento diminui, mas Estado ainda lidera na região

Novos dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), analisados pelo Instituto Centro de Vida (ICV), apontam que o desmatamento acumulado na Amazônia e no Cerrado de Mato Grosso, no período de agosto de 2022 a julho de 2023, totalizou 2.506,2 km². Alarmantemente, em 73% dos casos, a supressão da vegetação ocorreu de maneira ilegal.

Embora haja uma queda de 14% no desmatamento sem autorização em comparação com o mesmo período do ano anterior, o número ainda está distante das expectativas diante do aumento das ações de fiscalização. Isso sinaliza a prevalência da “sensação de impunidade” entre os desmatadores, indicando que as medidas de repressão precisam ser mais eficazes.

Os dados revelam que, em números absolutos, 1.817,5 km² do desmatamento registrado foram ilegais, enquanto 688,7 km² foram considerados desmate legal. Em comparação com o ano anterior, houve uma diminuição na supressão ilegal (2.120 km²) e um aumento no desmatamento autorizado (573 km²). O perfil do desmatamento em Mato Grosso, tanto na Amazônia quanto no Cerrado, permanece predominantemente ilegal e altamente concentrado.

Ana Paula Valdiones, coordenadora do ICV, destaca que o reforço na repressão ao desmatamento resultou na redução da supressão ilegal. No entanto, a responsabilização efetiva dos infratores ainda é demorada, contribuindo para a sensação de impunidade em crimes ambientais. Valdiones ressalta a importância não apenas de fiscalizar e responsabilizar, mas também de promover práticas produtivas sustentáveis para garantir a manutenção dos remanescentes de vegetação nativa e gerar renda aos produtores.

Os dados revelam que a maior parte do desmatamento (1.839,3 km²) ocorreu em imóveis do Cadastro Ambiental Rural, seguido de áreas não cadastradas (444,1 km²) e assentamentos (176,4 km²). Além disso, mais de 40% do desmate foi concentrado em apenas 10 municípios, evidenciando a concentração geográfica do problema.

Os detalhes completos dos dados estão disponíveis no Portal de Inteligência Territorial do ICV, fornecendo uma visão abrangente do cenário do desmatamento na região.

Compartilhar

Redação MT Política

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MT POLÍTICA

redacao@mtpolitica.com.br

Av. Rubens de Mendonça, 1856 Cuiabá Office Tower, sala 307

CEP: 78048450 – Cuiabá/MT

Tags

    Últimas Notícias

    • All Post
    • ARTIGOS
    • CIDADES
    • ESPORTE
    • POLÍCIA
    • POLÍTICA
    • VARIEDADES

    2023 – Copyright © – MT Política – Todos os direitos reservados | Desenvolvido pela Tropical Publicidade