Ex-pastora vira musa do OnlyFans após separação

Ex-pastora de uma igreja evangélica no interior de São Paulo, Ana Akiva, de 36 anos, se afastou das pregações para se lançar nas plataformas de conteúdo adulto Privacy e OnlyFans. Tudo aconteceu depois de romper o casamento, segundo ela tóxico, com o famoso líder religioso Youssef Akiva.

Como um grito de liberdade, Ana decidiu colocar um ponto final na relação, se libertar e retomar a sua carreira de modelo. Isso porque ela já foi até Miss Bumbum no passado.

“Quando era casada, ele me proibia de trabalhar fora e ter amizades. Vivia pela família e pela igreja. É difícil ser feliz ao lado de alguém que controla sua vida e que nunca te coloca para cima, que te chama de lixo, cospe na sua cara, muitas mulheres passam por isso dentro da igreja e sofrem caladas assim como eu”, lamenta.

Cansada de mentiras e dos abusos, Ana Akiva escolheu ficar sozinha e retomar sua carreira como modelo. “Eu fui de verdade, fui leal e fiel, tanto na igreja quanto no meu casamento, mas tenho o livre arbítrio de não querer estar em um lugar que era para ser santo, que era para ser bom, mas não está sendo. Lá é pior que vender nudes”, acredita.

Ana conta que passou anos vivendo uma relação cheia de abusos psicológicos e emocionais, como já declarou algumas vezes nas suas redes sociais. Desde o divórcio, recentemente, a ex-pastora tenta não expor o que viveu com o ex-marido, mas nos últimos dias ela tem falado muito sobre hipocrisia religiosa.

“É cada vez mais comum ouvir relatos de mulheres sendo vitimas de narcisistas que se escondem atrás da religião. A igreja é um lugar seguro para o abusador, pois ali ele pode colocar seu plano em prática usando a palavra de Deus. Alguns versículos falam de submissão, obediência e silêncio. Sofri muito tempo, perdoando todos os abusos porque entendia que era minha obrigação”, pontua.

Conversão

Em 2015, Ana se converteu, deixou toda sua vida de glamour como Miss Bumbum para trás e se entregou totalmente às obras sociais da igreja. “Mas fui vendo que é um meio corrupto, chega ser pior que o mundo secular, porque ali eles estão pregando uma coisa e vivendo outra. Não são todos, mas grande parte está corrompida.”

Para ela, sua fé permanece inabalável, mesmo mostrando seu lado sexy na internet. “Um dia posso voltar para a igreja, tenho fé em Deus. Acredito que fazer conteúdos sensuais não me diminui como filha de Deus e nem como pessoa, mas por respeito a Deus resolvi me afastar da liderança e do título de pastora”, justifica.

Compartilhar

Redação MT Política

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MT POLÍTICA

redacao@mtpolitica.com.br

Av. Rubens de Mendonça, 1856 Cuiabá Office Tower, sala 307

CEP: 78048450 – Cuiabá/MT

Tags

    Últimas Notícias

    • All Post
    • ARTIGOS
    • CIDADES
    • ESPORTE
    • POLÍCIA
    • POLÍTICA
    • VARIEDADES

    2023 – Copyright © – MT Política – Todos os direitos reservados | Desenvolvido pela Tropical Publicidade