Urubus são atraídos pela carniça da graxaria da Marfrig

A situação na graxaria do frigorífico Marfrig em Várzea Grande está causando crescente preocupação, não apenas entre os moradores locais, mas também em Cuiabá, onde os efeitos negativos já começam a ser sentidos. Mesmo retomando suas atividades contra a lei municipal e o desejo da população, a empresa tem enfrentado uma série de reclamações e denúncias.

Os moradores do bairro Grande Terceiro, próximo à Marfrig, são os mais afetados pelo intenso mau cheiro proveniente da graxaria, que tem prejudicado significativamente a qualidade de vida dessas pessoas. O odor incômodo está gerando desconforto diário e levando a população local a protestar contra a retomada das atividades da fábrica.

Os problemas não se limitam ao mau cheiro; a presença de urubus sobrevoando o frigorífico após o funcionamento da graxaria também tem causado preocupação e é considerada uma consequência indesejada pela comunidade. Em resposta a esses problemas, uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Cuiabá está agendada para a tarde desta quinta-feira (30).

A audiência contará com a presença de moradores, autoridades municipais e representantes da Marfrig, buscando um espaço de discussão para abordar as questões relacionadas à graxaria e, assim, encontrar soluções que minimizem os impactos negativos causados à comunidade. Este evento destaca a necessidade de um diálogo aberto entre a empresa, as autoridades locais e a população afetada para resolver essas questões de maneira eficaz e satisfatória para ambas as partes.

Compartilhar

Redação MT Política

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MT POLÍTICA

redacao@mtpolitica.com.br

Av. Rubens de Mendonça, 1856 Cuiabá Office Tower, sala 307

CEP: 78048450 – Cuiabá/MT

Tags

    2023 – Copyright © – MT Política – Todos os direitos reservados | Desenvolvido pela Tropical Publicidade