Trio é preso por matar e arrancar coração de jovem em MT

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Sinop desvendou os terríveis detalhes por trás da execução brutal de Daniel Azevedo de Abreu, de 22 anos, ocorrida em setembro deste ano em uma propriedade rural do município. Três indivíduos envolvidos no crime foram presos esta semana após intensas investigações.

A equipe da Polícia Civil obteve informações cruciais a partir da condução de um dos envolvidos no início de setembro, que forneceu detalhes sobre a ação criminosa. As investigações levaram à identificação e prisão dos três suspeitos, revelando uma trama macabra.

Na manhã desta quinta-feira (23.11), as equipes da DHPP e da Derf cumpriram um mandado de prisão contra um homem de 32 anos, conhecido como ‘Nike’, no Jardim Vindilina. As investigações indicaram que ele liderou o sequestro e a execução da vítima.

Outro autor, identificado como um homem de 23 anos, apelidado de Polaquinho, foi detido na tarde desta quarta-feira (22), no Jardim Primavera.

O terceiro mandado de prisão, contra o mandante do homicídio, foi cumprido na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá. A DHPP confirmou que a ordem para o assassinato partiu de dentro da penitenciária, suspeitando-se que Daniel seria membro de uma facção rival.

A vítima, natural do Pará, havia recentemente se mudado para Sinop.

O crime ocorreu em 1º de setembro, quando Daniel Azevedo desapareceu. As investigações apontaram para um assassinato brutal, com a vítima sendo torturada até a morte. Imagens obtidas durante a investigação revelaram que os criminosos atiraram contra Daniel e, posteriormente, arrancaram seu coração, registrando o horrendo ato em um celular.

A descoberta dos demais envolvidos ocorreu após a prisão de um suspeito em 6 de setembro pela Polícia Militar. Na ocasião, o detido indicou o local onde o corpo da vítima estava enterrado, fornecendo detalhes sobre a motivação e a participação dos outros envolvidos. O corpo de Daniel foi desovado em uma área rural próxima à Estrada Brígida.

O suspeito inicialmente detido foi apresentado em audiência de custódia, liberado com o uso de tornozeleira eletrônica e, posteriormente, preso por envolvimento em outro crime de roubo.

Compartilhar

Redação MT Política

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MT POLÍTICA

redacao@mtpolitica.com.br

Av. Rubens de Mendonça, 1856 Cuiabá Office Tower, sala 307

CEP: 78048450 – Cuiabá/MT

Tags

    Últimas Notícias

    • All Post
    • ARTIGOS
    • CIDADES
    • ESPORTE
    • POLÍCIA
    • POLÍTICA
    • VARIEDADES

    2023 – Copyright © – MT Política – Todos os direitos reservados | Desenvolvido pela Tropical Publicidade