Sargento da Polícia Militar é encontrado morto

Nesta segunda-feira (20), a cidade de Sorriso amanheceu de luto com a trágica notícia do falecimento do sargento Hélio Expedito da Silva, da Polícia Militar. Segundo informações, o policial cometeu suicídio, deixando a comunidade consternada.

Preliminarmente, foi revelado que o sargento Expedito estava em tratamento contra a depressão, mas as circunstâncias exatas de sua morte não foram divulgadas.

Com uma trajetória de serviço que começou em 2002, Expedito era uma figura respeitada e querida em Sorriso. Durante seu tempo na ativa, ele comandou o Programa de Erradicação das Drogas (Proerd) no município, contribuindo para a conscientização de centenas de crianças sobre os perigos das drogas.

A Polícia Militar emitiu uma nota lamentando a perda, destacando a importância da saúde mental dos militares. O comandante-geral da PM, coronel Alexandre Mendes, ressaltou o compromisso da instituição em identificar, tratar e acompanhar casos relacionados à saúde mental, oferecendo suporte terapêutico especializado.

A cidade, políticos e instituições locais também expressaram pesar pela partida do policial militar, enfatizando a necessidade de atenção à saúde mental e apoio comunitário.

Íntegra da nota da Polícia Militar: A alma humana possui abismos insondáveis. Profundezas que a razão humana jamais irá explicar com palavras. É o que constatamos, emudecidos pelo choque, dado o passamento do sargento Expedito. Poderíamos lembrar seu compromisso com a Polícia Militar e a grande Sorriso, que também chora um filho. Poderíamos lembrar sua energia, sua atuação na prevenção às drogas nas escolas, sua liderança social no Rotary Clube e inúmeras virtudes do pai e do militar. Contadas, uma a uma, ainda assim parecem informar muito pouco sobre o que levamos dentro do peito.

Cabe-nos então abraçar a família na dor de quem também perde um ente querido, lembrando a farda que nos irmana.

Em termos objetivos, colocamos desde nossa ciência do fato os órgãos de assistência para apoiar no que for preciso, assim como monitoramos esse auxílio. Ressaltamos com isso nosso compromisso em cuidar daqueles que vivem para servir e proteger.

A PMMT continua mobilizada no esforço de identificar, tratar e acompanhar, mesmo os casos mais recônditos e de difícil aceitação, como se trata da perda que sentimos agora. Para tanto, levando suporte terapêutico especializado com psicólogos e assistentes sociais às Unidades. Por ora, com a família Expedito, o 12º Batalhão e toda cidade de Sorriso, dividimos o luto.

Alexandre Mendes – Cel PM

Comandante-Geral da PMMT

Compartilhar

Redação MT Política

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MT POLÍTICA

redacao@mtpolitica.com.br

Av. Rubens de Mendonça, 1856 Cuiabá Office Tower, sala 307

CEP: 78048450 – Cuiabá/MT

Tags

    Últimas Notícias

    2023 – Copyright © – MT Política – Todos os direitos reservados | Desenvolvido pela Tropical Publicidade