PF realiza operação na 20ª fase da Lesa Pátria para prender suspeitos de atos antidemocráticos

Nesta terça-feira, a Polícia Federal conduziu uma operação visando cumprir dois mandados de prisão preventiva e dois de busca e apreensão, todos expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, como parte da 20ª fase da Operação Lesa Pátria. A ação busca identificar os participantes e financiadores dos atos antidemocráticos ocorridos em Brasília, nas cidades de Cáceres e Mirassol d’Oeste.

Até o momento, uma pessoa foi detida em Cáceres, enquanto o alvo em Mirassol d’Oeste permanece foragido.

De acordo com as investigações, os suspeitos gravaram vídeos durante a invasão ao Palácio do Planalto, incitando outros indivíduos a participarem do ataque às instituições. Nas gravações compartilhadas em redes sociais, também incentivaram o confronto com os policiais que tentavam impedir a entrada dos invasores.

Os fatos em questão caracterizam, em tese, crimes como abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido, além de crimes previstos na lei antiterrorismo.

A identificação dos envolvidos foi possível graças a denúncias da população, ressaltando a importância da colaboração popular com os órgãos de segurança pública.

Compartilhar

Redação MT Política

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MT POLÍTICA

redacao@mtpolitica.com.br

Av. Rubens de Mendonça, 1856 Cuiabá Office Tower, sala 307

CEP: 78048450 – Cuiabá/MT

Tags

    2023 – Copyright © – MT Política – Todos os direitos reservados | Desenvolvido pela Tropical Publicidade